terça-feira, 15 de julho de 2008

Mãe



A mulher partiu o pão em dois pedaços, entregando-os às crianças, que o comeram com avidez.
-Não ficou com nada para ela. - murmurou o sargento.
- Porque não tem fome. – disse um soldado.
- Porque é mãe.- respondeu o sargento.

Victor Hugo

(neste momento, pelo mundo muitas mães estão a partir o pão em dois pedaços...e outras nem pão têm para partir )

Foto : F.B

29 comentários:

tb disse...

Sem dúvida! As mães sempre partiram o pão em dois pedaços,mas há momentos em que os pedaços se multiplicam.
Boa escolha de palavras com foto muito forte. :)
beijo***

blueminerva disse...

Caviar, trufas pretas, caranguejos gigantes, cordeiro assado com cogumelos, bolbos de lírio de Inverno, supremos de galinha com espuma de raiz de beterraba, salmão fumado, bifes de vaca, espargos brancos e uma selecção de queijos acompanhados de mel e amêndoas caramelizadas eram, apenas, alguns dos pratos de um jantar regado com com cinco vinhos diferentes, entre os quais um Château-Grillet 2005, que está avaliado em casas da especialidade online a cerca de 70 euros cada garrafa. Um jantar de 300 euros por cabeça. Poderia ser o cenário do casamento de um multimilionário qualquer mas nãp, era o jantar dos líderes do G8, reunidos em cimeira no Japão para debater a fome no mundo. Sim, eu repito, debater a fome no mundo.

Maria disse...

Tão verdadeiro que até dói...
Beijo

Ívaianzol disse...

e aqui se ve que existe algo com teor... devia existir o milre da desmultilicação dospeixes....

ivaianzole

Nuno disse...

Olá! Isso só acontece aquelas Mães que têm muito Amor pelos filhos, porque existem Pais, que não ligam aos filhos e depois a criança cresce sem valores, entra no mundo do crime, só faz asneiras, isto porque os Pais também não sabem o que são valores. Falo isto porque lidei com crianças em risco. Estive há uns anos num curso de Serviço Social ( embora não tenha terminado o curso ) e a realidade era esta: crianças que cresciam sem Amor, sem carinho, sem que os Pais se preocupassem. E eles não eram assim por serem pobres, porque existem pessoas com poucos recursos económicos, que se preocupam com os filhos, que lhes dão muito Amor, que lhes ensinam os valores, a serem honestos e a portarem-se bem, em sociedade. Em tempos de Guerra, acredito que muitas Mãe deixem de comer para dar aos filhos. É o Amor de Mãe a falar mais alto! beijos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Enquanto isso, lá longe no Japão, os líderes do G-8 discutiram o problema da fome,afivelando-se com uma refeição de 24 pratos.
São uns queridos! Sobrevivem à custa dos simulacros de democracia, alimentando os povos com votos e ficando eles com as iguarias.

João C. Santos disse...

fria a foto,

directas as palavras...

triste este mundo de bestas

ZezinhoMota disse...

Arrepiei-me ao ler este tema.

Fica bem.

Bjnhs

ZezinhoMota

© Piedade Araújo Sol disse...

doi ler e saber que é realidade.

beij para ti

vero disse...

A realidade cruel...
O mundo triste em que vivemos...

Beijinhos

Fernanda disse...

Há um provérbio ou um ditado ou uma citação, não sei bem...que diz mais ou menos isto:

Deus não tinha tempo para cuidar de todos, por isso inventou a MÃE.

Só alguém que tem um amor incondicional, pode fazer isso.

Gostei muito de ler este post...lol

Um bom resto de semana

Antes Aqui Que Na Farmácia disse...

Gostei de olhar por cima deste parapeito. Prometo voltar.

lady-of-smile disse...

Um gesto muito bonito.
Gosto do teu blog ;D.

Beijos amorosos como tu!

Nido. disse...

Enquanto isso, temos milhões de sargentos e soldados prontos a espalhar mais miséria.

GP disse...

É mesmo de doer...

Beijinho

Sandra Araújo disse...

Ser mãe é isso mesmo, é pensar nos seus antes de ela própria. E Seria muito bom se todas as mães tivessem sempre algo para dar aos filhos.
Bom blog o teu.
Continua. Prometo vir mais vezes

moriana disse...

amor incondicional, resume tudo :)

bjs.

BlueVelvet disse...

Vim aqui parar vinda de blogs amigos.
E gostei do que vi e li.
Voltarei.
Veludinhos azuis

Paradoxos disse...

REALIDADE!!


beijos

Carla disse...

Uma realidade assustadora a que se contrapõe algo tão forte como o amor de mãe
bom fim de semana
beijos

Su disse...

a todo o momento.............
assim é.......

jocas maradas..sempre

f@ disse...

Ser mãe tem uma mão cheia de carinho...e um coração de imensos sentimentos que só tem ternura lá dentro... bonito espaço levo teu link para te ir lendo... beijinhos das nuvens

DE-PROPOSITO disse...

Um tema complexo.
No entanto, também há mães, que não são mães.
Fica bem.
E felicidades

Uma estrela errante disse...

Minha querida,

Parabéns pelo teu belo e acolhedor abrigo...blog... adoro vir aqui...encontro muito Amor!

Bem hajas!

Beijinhos fofos

Isa

Uma estrela errante disse...

Minha Querida,

O teu cantinho é soberbo...sempre com temas de amor e grande reflexão...gosto e gosto de te ler.

Muitos beijinhos

Isa

Coragem disse...

Parapeito, infelizmente essa realidade ainda existe nos dias de hoje.
Ainda existe muita miséria camuflada por aí.

Beijinho

Verónica disse...

Mãe é Mãe e será sempre mas há MÃES que sabem-no ser ...e há outras que por muitas razões ,longe de mim julgar , que só merecem pena e Senhor perdoa-lhe porque elas não sabem o que fazem!

Nuno disse...

Não há nada igual ao amor de mãe.

Bjs


Nuno

Å®t Øf £övë disse...

É incrível como uma palavra tão pequenina, e composta com apenas três letrinhas consegue ter com ela tanto sentimento, e tanta força.
Bjs.