domingo, 8 de março de 2009

Quem disse


Quem disse que esta ausência te devia? Quem pensou que esta denúncia se enganava?
Que um dia era pior que outro dia ,que à noite era melhor porque sonhava?

Quem disse que esta dor te pertencia? Quem pensou que este amor me perturbava?
Que o longe era mais perto se fugias, que o dentro era mais longe porque estavas?

Quem disse que este ardor te evidência? Quem pensou que esta pena me cansava?
Que calar era pior se te despia, que gritar era pior se te largava?

Quem disse que esta paixão me curaria? Quem pensou que esta loucura me passava?
Que deixar-te era paz porque corria, que querer-te era mau porque te amava?

Quem disse que esta paixão te espantaria? Quem pensou que esta saudade me rasgava?
Que tudo era diferente se te via, que o pior era saber que aqui não estavas?

Quem disse que esta ternura te devia? Quem pensou que este saber se enganava?
Neste langor crescente que crescia, neste entender de nós que cintilava?


Maria Teresa Horta
*
*
E deixo aqui o desejo...não para hoje...mas para amanhã... Um bom dia Mulheres:))
*
(imagem net)

22 comentários:

Graça Pires disse...

Obrigada por este poema maravilhoso da Maria Teresa Horta.
Tudo de Bom para ti também.

Maria disse...

Belíssimo e forte este poema de MTH.
Obrigada, por hoje e amanhã e dias seguintes.

Um beijo, todos os dias

Å®t Øf £övë disse...

As palavras são bonitas, mas eu acho estúpido festejar-se o Dia da Mulher, porque o Dia da Mulher para mim é todos os dias.
Bjs.

ลndreia disse...

Ser Mulher é ser muito! *

Nanda Assis disse...

lindo .

bjosss...

clic disse...

Gosto de Maria Teresa Horta!

ZezinhoMota disse...

Sou feliz com a minha poesia, mesmo que as vicissitudes da vida não me queira deixar sorrir...

Mas sorrio sempre, para mim, para o destino e para quem me olha e me sente...

Gosto muito de vir aqui, mesmo que a ausência se note...

FELIZ DIA DE MULHER!

Tens no meu blogue http://zezinhomota.blogspot.com
uma homenagem humilde, mas sincera à Mulher!

Por isso também é tua.

Bjnhs

ZezinhoMota

OUTONO disse...

Todas as mulheres...têm direito a Todos os dias...

Eu...apaixonado crédulo assim o determinei, desde o primeiro dia da minha meninice...em que disse a uma (futura)mulher...queres brincar comigo...???

Beijinho

maria de fátima disse...

Olá Maria gostei muito de ler este poema.Feliz dia da mulher para ti.Beijinhos.

Aqui - Ali - Acolá disse...

Olá amiga bom dia:
Um Poema forte, belo e com um sentimento muito profundo.

E eu digo:

Quem disse que aqui neste cantinho não encontra lindos Poemas?

Ninguém claro!..

Nem maus nem ruins, mas sim (lindos e belos), este é mais um que mostra essa realidade.

Bjos e uma semana nem má nem ruim apenas e só muito feliz...

Pedrasnuas disse...

Todos os dias são dias de todas as coisas...
Dos nossos mistérios sabemos nós e que ninguém dê palpites...

Abraço

O Profeta disse...

Quem disse que não eras grande? Eu acho que és uma grande mulher...


Doce beijo

Alexandra disse...

E eu que gosto tanto de Maria Teresa Horta!!

Passei para agradecer e retribuir a passagem e palavras no meu espaço.

Obrigada. :)

neo-orkuteiro disse...

O dia institucionalizado como internacional da mulher simplesmente passou, como passa outro dia qualquer.

Quanto às homenageadas, estas felizmente ficaram.

Uma delas tem este lindo parapeito que para mim é sempre agradável visitar. Chama-se Maria, significativo nome.

O poema hoje postado, cuja autora é sua homônima, é mais um exemplo de texto que dá gosto de ler e provoca aquela costumeira admiração inevitável de se sentir ante versos tão bem escritos.

Para mim, foi bom ter vindo.

Uma estrela errante disse...

Bom dia com alegria,

Bela escolha a tua amiga! como sempre:)

O meu sorriso e abraço sempre presenteeeeeeeeee

Isa

© Piedade Araújo Sol disse...

o poema da Maria Teresa Horta é muito bonito e foi bem escolhido para este dia.

deixo-te os votos de um bom fim de semana.

beij

Xana disse...

Bom fim de semana

kuandr disse...

Bela poesia.
ja sei onde encontrar belas palavras para meu dia.


grande abraco e sucessos

PS: nao imaginava que houvesse tantos peotas ocultos.

o que eu vi de poemas de autoria propria hoje...

secesso a todos


www.kuandr.blogspot.com

Su disse...

belo este poema

levo.o comigo


jocas maradas.sempre

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá amiga, belo poema...Espctacular....
Beijos

mateo disse...

Doces enganos...
Bj.

Aqui - Ali - Acolá disse...

Olá Parapeito bom dia:

Obrigado por tua visita a meu blog que é sempre muito bem-vinda.

Dizes no teu comentário que é bom dizer Adeus à saudade!..

Bem à coisas na vida de todos nós que ficam marcadas como um simbolismo muito forte para que se possam dizer adeus, pois eu interpreto o teu comentário de duas formas.

A primeira é como o dizer adeus a uma coisa que nem é bom recordar.

A segunda será como o dizer adeus a uma coisa boa que ficou em nós de bom para não mais esquecer.

Depois dirás algo sobre isto à qual das duas te referes ok?

Sobre os novos Poetas, estou de acordo mutuo contigo quando dizes que é sempre bom conhecer novos Poetas, pois os há por muito lado e bons, isso é uma realidade só que, não são muito divulgados por várias razões que todos nós conhecemos, porque tal como outras coisas na vida, no meio disto tudo existe sempre os interesses de quem os divulga, ou de quem deles não gosta, daí a razão disto, pois acho que neste caso concordarás com esta minha análise.
Mas eu desde pequeno que sempre adorei poesia e poetas, vou rabiscando por todo o lado por novos e bons poetas que, aqui os ditarei sempre que os encontre, (e eles são tantos amiga), mas enfim, como atrás cito, há interesses em tudo na vida e isto também é uma coisa que a isso não escapa.

Bjos e uma boa semana te desejo nem má nem ruim mas sim, com alegria e felicidade..