sexta-feira, 13 de março de 2009

desamores



Tinha sido um belo dia de agosto.
O sol ja se preparava para dormir.
Finalmente conheceu -as...
Luisa exuberante...Manuela discreta
Luisa com andar de gazela...Manuela com passos contados
Luisa com riso safado...Manuela com sorriso catraio
Luisa dizendo : eu quero!...Manuela perguntando : eu posso?
Luisa...bebida que inflama...Manuela água que refresca...
E foi Luisa a "escolhida"...
Desejo.. loucura ...paixão...e finalmente amor...
Tudo parecia eterno.
Eram perfeitos..feitos um para o outro...diziam as pessoas...
Tudo é eterno enquanto dura ,e este amor durou 3 anos...
Luisa deixou de dizer: eu quero...para dizer: vou pensar.
Luisa cansou-se de o amar ...de o desejar.

Foi o pasmo...Não era possivel tanto amor acabar assim.
Só Manuela nao se espantou .
Tinha sido o muro dos lamentos e das confissões de ambos.
Hoje Ele olha para Manuela e pensa:
Porque não a escolhi a ela?
Manuela em segredo questiona:
Porque não fui eu a escolhida?
E os amigos...a familia de ambos não imaginando a drama do amor amordaçado,
que Ele e Manuela sentem crescer ,
comentam em surdina....

Das duas irmãs...valia mais ter sido a Manuela...
*
Há histórias de desamores assim....
E porque tenho braços grandes...um abraço para os três****
*
maria loBos
*
(imagem net)

32 comentários:

Anônimo disse...

Só "passei" para dizer....gosto de ti ruim :P

beijo

Lin

Å®t Øf £övë disse...

O mundo está cheio de encontros e desencontros assim. Muitas vezes tenta-se agir mais com a cabeça do que com o coração, e no fim acaba por ser um sofrimento insuportável que nos corroi por dentro.
Bom fds.
Bjs.

clic disse...

Não me parece que o amor seja uma questão de escolha... ;)

No que toca aos caminhos, quando enveredamos por um, não resta grande espaço para arrependimentos "ah, devia ter ido por outro!" Porque ao optarmos, somos reponsáveis pelas respectivas consequências, boas e más e, assim como usufruímos das boas, temos de acatar as más!

Bom fim de semana

Maria disse...

Há estórias assim. Mas ainda vão a tempo de viverem um grande amor...

Beijo

Pedrasnuas disse...

Gosto muito da música que tens aqui!!!

Não me parece que o amor seja uma escolha. Neste caso parte-se do pressuposto que ele devia conhecer bem as irmãs e apaixonou-se por uma. O resto? Se resulta ou não! É uma incógnita! ficar a pensar que teria resultado se tivesse namorado a outra irmã, é uma insensatez. Provavelmente nem uma nem outra!!!lol
São os acasos da vida!
Existem muitas mulheres por esse mundo fora...agora ficar a pensar na outra...,será ético?

O meu abraço para ti

Aqui - Ali - Acolá disse...

Olá Parapeito bom dia com sol:

A vida tem de tudo e, como tal, esta é mais uma história que faz parte dela.

Mas aqui tem uma realidade, isto é real quer queiramos aceitar ou não, e lá está uma parte que é bem verdade:

Tudo é eterno enquanto dura, depois se esfuma como a passagem do tempo.

Se a perfeição existisse na humanidade claro que eternidade não teria fim mas, isso é palavra gasta em nós humanos, (fantasia oca sem direitos de discussão).

Bom post para que quem o leia tire daqui alguns dividendos, mas nem maus nem ruins, porque afinal, há que pensar e repensar quando uma pessoa se encontra dentro dum caso destes.

Ah, já me esquecia:

Palha de Abrantes?
É o que por cá há mais amiga, É uma tradição muito grande de à longos anos nesta cidade mas, por cá há Palha e palha ok?
Acho que dá para entender, e os burros tem sido sempre os mesmos, oxalá que a palha mude para ser tão saborosa como o era à muitos anos.

Bjos bom Domingo com este sol que agora nos contempla..

Pedrasnuas disse...

Eu e o 512 perguntamos de que forma,onde e quando???lol

Ana disse...

vale sempre a pena passar no teu cantinho
bjnh grande

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, gostei da história...Espectacular....
Um abraço

Delfim Peixoto disse...

Na verdade, há enredos esquisitos na história da vida!

vagabundo disse...

um Poema...
escrito para Ti,
no dia em que conheci,
o calor de tão humano abraço.
um Poema feito Vida
espelho de tua alma amiga
que apenas reflecte...
a luz do teu espaço.

bj,

ZezinhoMota disse...

Queria dizer-te que dou resposta a quem me visita no http://fantasiarcontigo.blogspot.com
Por isso terás lá algumas palavras que te serão dirigidas.

Bjnhs

ZezinhoMota

Graça Pires disse...

Desencontros. Desamores. Um poema muito interessante.
Beijos.

Xana disse...

Se toda a gente acertasse no amor , era tudo uma felicidade imensa :) Pena que assim não seja podia ser que andasse tudo mais bem disposto e não fizessem tantas asneiras

beijinho e boa semana

Perla disse...

Há assim estórias de vida sufocantes... encontros e desencontros, amores e desamores...

Por vezes o erro é difícil de remediar.

Obrigada pela visita!

Beijos

mateo disse...

Enquanto dura... a paixão é e_terna.
Mas sabes do que gostei desta tua história?
Foi do ritmo com que ela de passei.
Dancei... e fez-se poesia.
Bj.

Portaria ILEGAL disse...

Queima de Judas envie a sua quadra para aqui: http://portaria-59.blogspot.com/
Se o autor deste blogue deixar claro está.
Cumprimentos a todos.

© Piedade Araújo Sol disse...

pois é...

encontros e desencontros . amores e desamores.

um beij

maria de fátima disse...

Olá Maria a vida é feita de amores e desamores, de sorte e azar, de alegria e tristeza, de saúde e de doença.Tudo na vida tem os dois lados da moeda.Caso não fosse assim tudo perdia a sua graça.Beijinhos.

Butterfly disse...

muito obrigada pelo comentário... nunca pensei que alguém fosse ao meu blog =) fiquei contente...
o teu blog é muito linduh e gostei muito do poema =)
bjnh gand!!

vero disse...

E a vida é assim mesmo, feita de encontros e desencontros :)

Beijinhos

ramos vilaça disse...

"Quando o amor acontece..." ninguém sabe das razões do coração...
Belo texto, como sempre.
Cordialmente, um abraço do
Carlos.
...
Sempre agradecido pelos comentários gentis que deixa nas minhas "coisas"

Xana disse...

Passei para deixar um beijo e desejar uma semana muito feliz!

Secreta disse...

Há histórias de amor muito complicadas. E por vezes , ninguém imagina o que se passa entre casais...
As escolhas nunca podem ser dadas com certas. Tudo pode mudar.
Beijito.

Luis F disse...

Os meus parabéns pelo texto... enquadramento perfeito com a imagem.

Adorei navegar por aqui.

Os meus parabéns

Com amizade
Luis

L disse...

Será uma história assim tão comum de desamor?

Xana disse...

Tens um meme para fazeres lá no meu blog, se quiseres ..claro ;)
bom fim de semana

ลndreia disse...

Há amores que acabam mesmo assim! *

Izinha disse...

Vim te deixar um beijo e desejar um lindo fds!

Vieira Calado disse...

Havia um tempo que aqui não vinha.

Desejo-lhe uma boa semana.

Bjs

Jorge P.G disse...

Momentos de desencontro acontecem...

Um abraço.

mateo disse...

E se acontecesse o mesmo com a Manuela?
Beijos.