sábado, 29 de novembro de 2008

Palavras sussurradas



Primeiro a tua mão sobre o meu seio.

Depois o pé - o meu - sobre o teu pé.

Logo o roçar urgente do joelho

e o ventre mais à frente na maré

É a onda do ombro que se instala.

É a linha do dorso que se inscreve.

A mão agora impõe, já não embala

mas o beijo é carícia, de tão leve..

O corpo roda:quer mais pele, mais quente.

A boca exige:quer mais sal, mais morno.

Já não há gesto que se não invente,

ímpeto que não ache um abandono..

Então já a maré subiu de vez.

É todo o mar que inunda a nossa cama.

Afogados de amor e de nudez

somos a maré alta de quem ama..

Por fim o sono calmo, que não é

senão ternura, intimidade, enleio:

o meu pé descansado no teu pé,

a tua mão dormindo no meu seio.


Rosa Lobato Faria.


**Madido...desta vez é que são 27 anos!!

27 anos de marés altas...e às vezes marés vasas.

Mas acabando sempre por vencer

a maré mansa da ternura. da intimidade do enleio...

E que bom que é Madido acordarmos sempre descansados :)***

33 comentários:

Verónica disse...

Que aragem passa aqui!!!hum
Esse mar de labaredas é mesmo para fazer rodar a noite toda!O universo inteiro na cama!
E depois vem a calma, a tranquilidade...o naufrágio das carícias...
Que mimo de palavras
Que ilustração erótica e apaixonada!
Um domingo sereno

tb disse...

imagem em sintomia com as palavras tão bem escolhidas por onde escorrem os sentimentos mais variados. :)
Parabéns aos dois, ou direi a todos? :)*****

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, bela imagem em sintonia com belas palavras...Espectacular...
Beijos

Mariz disse...

Salvé

Passei para deixar um abraço e a Rosa Lobato é uma das minhas escritoras preferidas...é muito versátil e criativa.

Mariz

neo-orkuteiro disse...

O poema de Rosa Lobato, que somente graças a esta visita retribuitiva vim a conhecer hoje, já valeria a leitura do presente post, por sua grande beleza. Contudo, vejo-o amplificado, pois o poema em si passa-me a impressão de referir-se a uma só instância de amor sensual, já sua achega faz clara referência a 27 anos de inequívocos fluxos e refluxos de amor e companheirismo e ciumplicidade e tudo o mais que praticamente três décadas podem tanto explicita quanto implicitamente encerrar, e isto de certeza vem a amplificar significativamente o poema, numa como que simbiose, a meu juízo perfeita.
Do Brasil, todos os merecidos cumprimentos.

O Profeta disse...

Fantástico texro...do melhor que li...


Doce beijo

Um Momento disse...

Muitos Parabéns por esses 27 anos
O pOema da Rosa... lindo
Grata por essa partilha tão... quente:)))))))))))
Tudo de bom desejo :))))))))

(*)

Amaral disse...

Para os tais 27 anos, que escolha haveria melhor que esta, explanada pela magia poética da Rosa Lobato Faria?...
Um poema sussurrado no momento certo, ao ouvido certo, no local onde mora a ternura - o manso gesto que não se inventa...

Å®t Øf £övë disse...

Estas são palavras sussuradas que demonstram como o amor e cumplicidade entre dois seres que se amam.
Bjs.

mundo azul disse...

...que poema mais lindo!

Gostei demais...
Obrigada por traze-lo!


Beijos de luz e o meu especial carinho...

cõllybry disse...

Palavras sussurradas tão doces...são as melhores,Linda Poesia...

Beijitos ternos

tulipa disse...

Olá
Deixei-te um desafio lá no meu canto!
um abraço
tulipa

Maria disse...

É lindo este poema da Rosa L Faria.
Parabéns, pois claro...

e um beijo.

Jorge P.G disse...

Muita ternura neste poeminha da Rosa Lobato Faria.
Faleceu-lhe agora o marido, grande impulsionador e dono da Ulisseia.
O universo dos editores ficou sem dúvida mais pobre.

Um abraço.
Jorge P.G.

Carlos Soares de Oliveira disse...

Que romantismo!Que momento mágico relatado! Que brisa senti aqui!Muito linda.Obrigado pela visita e volte sempre, tá?

Secreta disse...

Lindo poema , imagem quente ...
Parabéns, 27, tantos e tão poucos :)
Beijito.

nqdn disse...

Umas vezes má, outras vezes ruim, eu sei, mas esse poema da Rosa é algo de sublime!

Um beijo
Luís

O Profeta disse...

Este Mar que beija a Ilha
Traz de longe sonhos perdidos
Adormece na areia e deixa
Na espuma mil e um segredos

Meus sonhos são estrelas que semeio no espaço
São corpo nu que vagueia pela saudade
Brotam e correm para o Mar
Enfrentam a dor a tempestade


Boa semana


Mágico beijo

© Piedade Araújo Sol disse...

eu gosto de tudo o que a Rosa Lobato escreve.

bonita escolha.

beij

Nilson Barcelli disse...

É uma escritora muito boa, nomeadamente para canções, género pelo qual é mais conhecida.
E este poema é magnífico.

Parabéns para os 27 anos de marés mansas de ternura... mereces pelos menos mais 2x27 anos de marés cada vez melhores.

Beijinhos.

Carla disse...

parabéns pela escolha e pelo aniversário...é bom essa serenidade alcançada
beijos

tb disse...

Voltei a ver as novidades. Reler é sempre uma novidade porque cada dia tem o seu olhar. :)
deixo o meu beijo

Vivian disse...

...amei isso:

"o meu pé descansado no teu pé,
a tua mão dormindo no meu seio."

que encanto de canto!!!

muahhhh, linda!

OUTONO disse...

Parabéns...pela escolha.

E dos vinte e sete, falaremos daqui a umas longas décadas...

Certo?

Beijinho muito grande.

Sininho disse...

Mãezinha... este comentário, é feito em parceria pelas três.. Ficámos um pouco indignadas quanto a essa história das marés mansas.. Nós só reparámos nas altas :P beijinhoosss das 3.

UIFPW08 disse...

linda morris

Carla Silva e Cunha disse...

ola
venho aqui agradecer a vista que fez ao meu blog
espero mesmo que tenha gostado das minhas telas.
ja agora posso perguntar qual foi a que mais gostou?
bela escolha este poema
beijos
boa semana
carla

O Profeta disse...

Este Mar que beija a Ilha
Traz de longe sonhos perdidos
Adormece na areia e deixa
Na espuma mil e um segredos

Meus sonhos são estrelas que semeio no espaço
São corpo nu que vagueia pela saudade
Brotam e correm para o Mar
Enfrentam a dor a tempestade



Uma luminosa semana


Mágico beijo

vero disse...

Parabéns pelos 27 anos !!! :)

Beijinhosss

Paradoxos disse...

um poema com voz própria!!
sensual e vivo!!

Bruno Lopes disse...

Vim aqui ver este belo blog, fazer uma pequena visita e dizer que ja sinto falta as conversas que temos alem que nao tenho tido tempo de ir ao irc. Fica aqui o meu apreço e pequena mas boa visita, e já agora que nao dá para meter aqui um video do youtube que eu decidi fazer fica aqui o caminho espero que gostes deste Amorvosso. Beijos grandes. http://www.youtube.com/watch?v=FeH6nJbteIE

Vivian disse...

...olá linda!

passei por aqui para desejar-lhe
um lindo final de semana
regado a muita paz e muito amor.

muahhhhh

Bruno Lopes disse...

E a ti dedico este poema que pode não significar muito para ti mas significa para mim que os bons amigos e uma boa pessoa como tu eu n esqueço porque és alguma coisa para mim, és uma boa amiga como há poucas na minha vida mas que está sempre disposta a ouvir, a ajudar. A ti dedico este poema porque uma boa amiga como tu nao deve ser esquecida e por pouco andas falemos andas na minha memória por seres tambem muito especial.
E juntamente faço algo simples mas espero que possas gostar, do que este amigo virtual te fez e te dedica com algumas palavras que são todas sentidas e escritas com muito carinho.