quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Quando te vi


A manhã era clara, refulgente.

Uma manhã dourada.

Tu passaste.

Abriu mais uma flor em cada haste. Teve mais brilho o sol, fez-se mais quente..

E eu inundei-me dessa luz ardente.

Depois não sei mais nada. Olhei... Olhaste... E nunca mais te vi...

- Raro contraste ! - A madrugada transformou-se em poente..Luz que nasceu e apenas cintilou! Deixou-me triste assim que se apagou, às vezes fecho os olhos; vejo-a ainda....

E há tanto sol dourando esses trigais!

Olhaste, olhei, fugiste...

Ai nunca mais, nunca mais tive outra manhã tão linda!..

*

Virginia Vitorino


(foto enviada por mão amiga)*

*

Porque sei que ao regressares a casa...vens até ao parapeito :)***

26 comentários:

Maria disse...

Há manhãs assim, belíssimas...
:))
Um beijo

Uma estrela errante disse...

Olá,

Como de costume de uma doçura sem fim...

Lindo poema, cheio de ternura.

Um beijinho, amiga!

Isa

Verónica disse...

Essa manhã vai te perseguir até ao fim da tua vida! Há olhares que ficam moendo a nossa cabeça... provavelmente porque se foram e nunca mais os voltamos a ver!

Belo sol para presentear alguém que vem debruçar-se no teu parapeito...lol

neo-orkuteiro disse...

Bem me fizeram estes versos belos, refletindo uma alma indubitavelmente cheia de candura. Isto que me apresenta é presente que comigo guardarei pois exigirá releitura para completa apreciação, como bom vinho que não se bebe de um só gole. E venho já agradecido por visitas suas, principalmente a inaugural de um dos meus blogs, a tentar retribuir-lhe a amável gentileza. Nem conta mais tenho de o quanto já lhe devo, mas continuarei tentando retribuir.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, Bela fotografia, belo poema...Bela manhã...
Beijos

Graça Pires disse...

Nostalgias...
Bonito o poema. Um beijo.

DE-PROPOSITO disse...

Ai nunca mais, nunca mais tive outra manhã tão linda!..
-----------
É claro que não há duas manhãs iguais. Mas todas têm a sua beleza. E há coisas que são bonitas, de feias.
Fica bem.
E felicidades.

cõllybry disse...

Todas as manhãs, podem ser diferentes...

Linda pesia

Beijitos ternos

tulipa disse...

Há manhãs muito bonitas...que brilham...que o sol brilha...outras parecem Outono...
um Outono que parece não ter fim!
um abraço
tulipa

Å®t Øf £övë disse...

Há pessoas que parecem terem o dom de só conseguirem estar nas nossas vidas por breves instantes, como se de verdadeiros cometas se tratassem.
Bjs.

Nanda Assis disse...

nossa, que lindo, delicado como cada flor que se abre.

bjosss...

tb disse...

Passo sempre e ao passar venho colher o perfume das manhãs irrepetíveis como cada momento que percorremos de mão dada. :)
******* beijos perfumados como o sol de cada manhã

TRISTAN SANDOVAL disse...

Pois...Há manhãs assim...

Gostei do que li por aqui...

Agradeço a partilha.

Amaral disse...

... e, no entanto, todas as manhãs são convites raros para a manifestação que mais desejarmos...
O contraste é perfeito.
No regresso a casa, há sempre, mas sempre, o aconchego perdido em qualquer encruzilhada que trilhámos...

Lena disse...

Passei para deixar um beijo de boa semana!
***

segredo disse...

e como é bom regressar a casa...
Lindo texto;)
Beijinho

águia_livre disse...

O calor da manhã é o prazer do resto do dia

Bonito blog. Voltarei

Visitem um cantinho de poesia e música:

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com/

Sejam felizes
.

© Piedade Araújo Sol disse...

tão nostálgico, e tão belo.

a foto uma beleza.

beij

mateo disse...

O teu Parapeito é meio caminho para o regresso... em qualquer manhã de amanhã.
Beijos.

Carla disse...

cheias de luz estas tuas palavras
beijos

Nilson Barcelli disse...

Não sei quem é a VV, mas gostei do texto. Tem muita beleza poética.
Beijinhos.

vero disse...

Que linda deve ter sido essa manhã :)

Beijinhos

Léia Carvalho - LC disse...

nem toda bela manhã tem tão belas palavras.
bj

Filipa Epifânio disse...

Que a nossa mente consiga para sempre tirar fotografias aos momentos que nos são únicos para guardarmos na nossa caixinha de recordações que temos cá dentro...

Jaime A. disse...

Ver "alguém " lava-nos a vista...

Viviane Andrade disse...

Lindíssima! Parabéns!
E mto obrigado por visitar www.simplesmenteviane.blogspot.com e deixar comentário - é muito importante ter a sua opinião.
Abraços