terça-feira, 24 de junho de 2008

Tristão e Isolda



"– Tu tinhas razão. Não sei se a vida é maior do que a morte, mas o amor foi maior do que ambas."
***
Um filme que gostei de ver.

(imagem google)

10 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Ainda não vi o filme, mas parece que a crítica é muito favorável.
E se tu gostaste...

Beijinhos.

tb disse...

:) como eu acho qeu a vida continua para além da morte... :)
gosto do teu gostar. :)))
beijinho

João Videira Santos disse...

Uma frase que diz tudo e imortaliza a razão das palavras. Gostei...muito!

Paulo Nabais disse...

Olá. Parece-me interessante. Tudo de bom para ti...

lena disse...

não vi o filme, li o a lenda

apaixonante, o amor que sobrevive a tudo e a todos. um amor proibido...


um livro que gostei de ler, o filme talvez num dos meus descansos o veja, repousadamente no meu sofá da sala

um abraço para ti, doce de menina

beijinhos

lens

O Profeta disse...

Tenho que ver o filme...


Doce beijo

Jorge P.G disse...

Linda história dos doiscélebres apaixonados.

Não vi o filme. Raramente vou ao cinema desde que as pipocas tomaram conta das salas.

Receba o meu cordial desejo de bons posts e muita saúde.

Jorge P.G.

OUTONO disse...

Muito interessante a conjugação frásica...de análise.

Vi o filme...não li o livro. Acontece ! Mas prometo, está na fila de espera...

Beijinho

kris disse...

Não vi o filme...mas antes deste livro que tou a ler.."Flores na Tempestade", li "O Coleccionador de Sons", em que a personagem principal era um descendente de Tristão...e a secundária descendente de Isolda...é uma lenda muito interessante sem dúvida...não vi o filme, mas deve ser digno de ser visto sim.

beijinho

Å®t Øf £övë disse...

O amor às vezes vence a vida e a morte, e transforma-se na excepção que confirma a regra.
Bjs.