sexta-feira, 20 de junho de 2008

Cegonha



Olá cegonha/Gosto de ti/Há quanto tempo te não via por aí
Nem teus ninhos nos telhados/Nem as asas pelo céu
Olá cegonha/Que aconteceu
Ainda me lembro/De ouvir dizer/Que tu de longe
Os bebés vinhas trazer
Mas os homens vão crescendo/E as cegonhas a morrer
Ainda me lembro/Não pode ser
Adeus cegonha
Tu vais voar/E a gente sonha/É bom sonhar
No teu destino/Por nós traçado
Leva o menino/Que é pequenino
Toma cuidado
Adeus cegonha/Adeus lembrança
A gente sonha /Como crianças
Faz outro ninho/Nos altos céus
Vai de mansinho/Mas pelo caminho
Diz-nos adeus
Adeus cegonha/Tu vais voar/E a gente sonha
É bom sonhar
No teu destino/Por nós traçado
Leva o menino/Que é pequenino
Toma cuidado

Leva o menino
Mas tem cuidado

Carlos Paião
***
Sempre gostei das cegonhas.
Pelo seu porte e pela magia que as cercava.
A cegonha é dócil e protectora, dedica atenção especial e carinho às aves doentes ou mais velhas.
Volta sempre para fazer o ninho no mesmo lugar, para pôr os ovos e cuidar dos filhotes.
A mistura de generosidade e fidelidade ao ninho e depois ás crias criou a lenda que eram as cegonhas que traziam os bébés...e tantas tantas crianças acreditaram...
Eu felizmente fui uma das que acreditei.
Que haja sempre céu para as cegonhas.

maria loBos

13 comentários:

Aninha disse...

sabes mae... estas caracteristicas q falas aqui das cegonhas.. revejo-as em ti.. sempre fiel a nós pra nos passares os valores q realmente sao importantes.

Adoro te :*

lena disse...

enternecedor doce menina

fiquei a ler-te com o olhar presos ao encanto, ao carinho, aos valores, ao destino voador de um sonho de criança

o menino vai com cuidado, a cegonha é protectora e dedicada

gostos muito de cegonhas

nesta zona há algumas, encanto-me a olhar para elas, lá em cima, bem alto. no seu ninho redondo e cuidado

um momento belo este que gostei de ler

beijinhos e a ternura de um abraço, doce menina

lena

Paulo Sempre disse...

As minhas maiores decepções surgiram quando percebi que o Pai Natal não tinha prendas para mim e as cegonhas não transportaram o meu irmão desde França...
Fiquei mesmo revoltado, confesso.
Beijo
Paulo

lady-of-smile disse...

Uma das musicas mais bonita do Carlos Paião, gostei :)
beijos e adoro.te muito




<3

tb disse...

que haja sempre céu para os sonhos:)
sabes que gosto de ti como o céu das cegonhas? :) Gosto!
Sempre terna, tu!
beijo de céu azul

Fernando Rodrigues disse...

Lindooo

bjito

Filipa Epifânio disse...

Gosto tanto do Paião :)

Este blog transparece carinho em cada poro*

nasaguasdoverso disse...

venha participar em www.luso-poemas.net


vai adorar e seria uma honra a sua presença:)

João Videira Santos disse...

...tantas foram as palavras que floresceram na musicalidade de Carlos Paião...

Uma estrela errante disse...

Olá menina linda,

Recordar é viver....relembrar Carlos Paião.

Cegonhas?...gosto...sonhar....

beijinhos fofos

singularidade

Nilson Barcelli disse...

As cegonhas são lindas.
Foi uma que me trouxe para casa... eheheheh...

Beijinhos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, bela canção de Carlos Paião...Como são belas as cegonhas...
Muito obrigado pela visita no meu blog, e pelas suas palavras...

Å®t Øf £övë disse...

E como era bom que houvesse uma cegonha que conseguisse fazer o milagre de nos trazer de volta o Carlos Paião.
Bjs.