terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Saudade


*
...Quando esta noite uma leve brisa bater no teu corpo
não te assustes
é a minha saudade que te vai beijar em silêncio ....
*
eduardo guerreiro
*
Sempre gostei de pequenos escritos que dizem assim tanto .**
*
(imagem net)

23 comentários:

maria de fátima disse...

Olá Maria gostei muito, é simples mas com muita força interior.Beijinhos.

L disse...

É como os embrulhos de ofertas: quanto mais pequenos são, mais valiosa é a oferta.

Poucas palavras dizem mais. Não sei bem dizer porquê. *

tb disse...

Pois é. Também eu gosto delas assim... e das tuas escolhas também
:)*****

Maria disse...

Não é preciso escrever muito para se dizer tanto! Excelente!

Um beijo

mundo azul disse...

______________________________

...também gosto!


Beijos de luz e o meu carinho...

________________________________

Pedrasnuas disse...

Hummmmmmm....a tua visita trazia água no bico!lolll
Ainda bem que me avisaste...podia entrar em pânico...bolas!!!

Poucas palavras...muita profundidade!

Que os escritos sejam mais que palavras bonitinhas que proferimos porque é castiço!
Beijoca
Gostei da tua visita!lolll

Nanda Assis disse...

realmente este diz muito, e eu ando sofrendo desse bem que é a saudade.

bjosss...

Secreta disse...

Poucas e simples palavras podem dizer muito!
Beijito.

Graça Pires disse...

A saudade:umas vexes brisa outras vezes temporal...
Um beijo.

Uma estrela errante disse...

Olá amiguinha,

Palavras com uma força vital...eu tb tenho saudades tuas...

Gosto, gosto das tuas escolhas.

Beijinhos muitos

Isa

Bruno Lopes disse...

Aqui deixo um pequeno poema num pequeno poema desta bela pessoa.


Se eu pudesse pedir um desejo,
Pedia para ser um anjo da guarda,
Para poder proteger aquelas pessoas
Que mais gosto e me sao queridas.

Essas pessoas por serem especiais,
E por serem alguem de significante,
Nesta minha vida daí,
Se tivesse um desejo para realizar,
Pediria para ser anjo da guarda.

Dessas pessoas guardo um apreço muito grande,
E um lugar reservado no meu coraçao.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo texto...Excelente...
Beijos

segredo disse...

e quantas vezes as saudades veem ao nosso encontro...
Beijinho*.*

Carla disse...

também gosto muito...e este é especialmente belo
beijos

mateo disse...

Tão bom, tão simples e tão difícil de escrever.
Bjs

cõllybry disse...

O pouco, que muito diz...

Como suave brisa, meu...

Terno beijo

Pedrasnuas disse...

Gostei de te ver por lá...:-)))

OUTONO disse...

Pequenos nadas...grandes sentires.

Beijinho pequeno...mas grande de amizade.

tb disse...

Vim, como não há novidades deixo o meu beijo de saudade:)***

Léia Carvalho - LC disse...

Concordo com você nesse gostar.
O simples pode se dito tão lindamente com pouco... Mas é dádiva de poucos.

Å®t Øf £övë disse...

Normalmente não são precisas muitas palavras para se dizer muito.
Bjs.

tem a palavra o povo disse...

maria lobos


Esta noite
quando todos dormirem
pego no vento
e fujo
levo o amor
em jeito de saudade
não levo corpos
apenas a alma
leve e pura

um beijinho amigo

mateo disse...

... e são os mais difíceis de conceber.
Beijo.