segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Lettera Amorosa


"Respiro o teu corpo:
sabe a lua-d'água ,
ao amanhecer,
sabe a cal molhada,
sabe a luz mordida,
sabe a brisa nua,
ao sangue dos rios,
sabe a rosa louca,
ao cair da noite
sabe a pedra amarga,
sabe à minha boca."
*
Eugénio de Andrade
*
E sempre Eugénio! Como gosto de o "beber".
*

(imagem net)

29 comentários:

ramos vilaça disse...

Eugénio de Andrade, para uns, Viriato da Cruz para outros - pelo menos para mim pelo encantamento do seu "Namoro"....
Gostei deste novo "passeio"...

Maria disse...

Somos duas. a gostar de o "beber". Mas sei que somos muitos mais.
Obrigada por o trazeres até aqui...

Beijo
(a palavra que a verificação de palavras me pede não é escrevível... :) )

dente-de-leão disse...

Em pequena adorava ouvir-te ler os versos de Eugenio.A junçao dos poemas que me "dedicavas" com a tua voz contribuia para a alegria que para mim eram aqueles momentos.
Obrigada.
bjooo*

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá...belo texto...Excelente...
Beijos

tem a palavra o povo disse...

Maria Lobos.
Penso que já tinha manifestado a minha admiração por este teu espaço de eleição. Respira-se paz e a luz que emana transmite sensações ternas de amor e amizade.
Quero convidar-te para partilhares um pouco da tua alma romântica e poética.
Visita-me em:
http://maresiaspoetasportugueses.ning.com/profile­/joaoraimundogoncalves
e se for do teu agrado, cria um espacinho teu e delicia-nos com a tua amizade.
Crê que seria para mim uma honra se te decidires a inscrever o teu nome.
Um beijo de amigo

moriana disse...

cristalino, o som dos seus poemas...

beijos
:)

kris disse...

lindo!

Vera Márcia disse...

Versos com palavras intensas de Eugénio de andrade...Acho que está muito bem acompanhado pela iamagem escolhida.

Beijo

Secreta disse...

Fantástico mesmo!
Beijito :)

tb disse...

"beber", cantar, comer, partilhar, saborear...tudo vale quando temos estas belas palavras! :)***
adorei a imagem com que as completaste:)***

L disse...

Acho que pelo aniversário vou receber alguma coisa dele :) Finalmente!

Pedrasnuas disse...

Beber assim...é beber com alma...é beber até à última gota...é misturar os sabores ...coisa louca!!!!

Um abraço

Aqui - Ali - Acolá disse...

Quando se tem um Blog assim, não pode ser (Umas vezes má..Outras vezes ruim), mas talvez uma alma de um romantismo bem fogaz que nos alimenta a mente para um espaço fora do comum!..

Todos assim, vamos mudar o Mundo...

Parabéns pelo seu Blog..

Å®t Øf £övë disse...

As palavras de Eugénio de Andrade têm sempre um sabor especial.
Bjs.

Uma estrela errante disse...

Olá amiga,

Bela escolha..gosto muito de Eugénio De Andrade um dos meus poetas de eleição...

Beijinhos

Isa

neo-orkuteiro disse...

"Lettera Amorosa" foi meu achado de hoje. Por sua mão do Brasil trazido, Ana, aqui chega então mais um bebedor dos versos de Eugénio de Andrade. Que versos, estes apresentados. Ao bebericá-los degustando cada linha, agora me dou conta que estou com bastante sede.

Graça Pires disse...

É sempre bom entrar num blog que tem Eugénio de Andrade. Obrigada. Um beijo.

tulipa disse...

Bonito! Um belo Poema!
tulipa

mundo azul disse...

________________________________

Impossível não gostar de um poema como esse...

Beber...Matar a sede!


Beijos de luz e um domingo muito feliz!!!

_________________________________

rainbowsky disse...

Não sei desenhar palavras precisas,
não sei escrever desenhos concretos
procuro a luz dos traços directos
para saber porque me convidas
.
para ver o luar. Se as noites são frias
e o tempo dói na garganta perdida
estranhos segundos nesta vida,
olhaste-me e de repente não me vias.
.
Desconcertado, sufocado pelo furacão
abro os dedos que compõem a minha mão
e olho para a pele silenciosa.
.
Abrigo-me no desejo de te ter perto,
mantenho o peito à tua espera, sempre aberto.
Deixo cair sobre mim a chuva impiedosa.
.
Tens um guarda-chuva no teu coração?
-
-
-
Beijinhos com carinhos ruins ;)

(Carlos Soares) disse...

É isso aí. "Gostar de gostar". Fazer as coisas com mais amor. Não só propriamente o amor,mas tudo, o trabalho, a escola, a casa. Muito delicado e mimoso seu espaço,etou vendo que o faz com amor. Obrigado por sua gentileza lá no meu blog. Volte sempre.bjsss

Xana disse...

Muito bonito :)

fiquei surpresa com a tua visita , mas a net é mesmo assim , vamos saltitando.
Aparece quando quiseres eu voltarei também!
boa semana

Luis F disse...

Um excelente poema de Eugénio de Andrade, num lindo blog.

Os meus parabéns por este momento aqui deixado.

Com amizade
Luis

Léia Carvalho - LC disse...

texto ótimo e a imagem completa tudo

ParadoXos disse...

Um poeta extraordinariamente depurado e sublime, já tinha saudades de o saborear, obrigado pela bela escolha! Um beijão terno deste teu amigo!
Heduardo

Carla disse...

e que belo saber esse...tão lindo!
beijos

Nilson Barcelli disse...

Um dos meus poetas favoritos.
Parabéns pela escolha, muito boa.
Beijo.

lady-of-smile disse...

Como eu gosto tanto de Eugenio de Andrade. Obrigada por me teres lido os poemas dele sempre que podias e mostrares como ele era um poeta excelente :)

mateo disse...

Se sabe!
E Eugénio de Andrade sabe!
Beijo.