quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008



Acordar para a vida

Num apagão, desliguei-me de tudo e todos.
Adormeci, nada me ocorria,
estava num vazio absoluto,
apagou-se o meu bater,
o meu sentir
o meu prazer
o meu ser
não sabia que era aquela a minha hora,
fechei os olhos e adormeci...

Acordei com o teu tocar no meu coração.


Nuno E.Guerreiro
13-10-2007

Nenhum comentário: