sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Meu tanto


Coisas do meu tanto *

-Qual é coisa qual é ela, que de dia brilha, e à noite vai dormir?
-Hummm, és tu mãe!
A resposta era o sol, mas o meu rapazito ganhou mil beijos e abraços e a mãe um sorriso parvo na cara.
*
-Duarte como foi a escola?
-Olha mãe o judo não foi nada bom.
-Então mas dizias que era só cambalhotas, e que gostavas muito.
-Sim, mas hoje atiraram-me ao chão e assim as míudas não batem palmas.
Assim não dá!
*
-Avó Tété a minha mãe tem um pássaro ao pé da orelha!
-A sério? que pássaro?
-Acho que é um filho de andorinha ou gaivota, é origami e qualquer dia voa!
*
-Duarte chega a casa da escola e diz:
-Mãe arranja-me tremoços por favor, é urgente.
Estou a morrer de fome e a precisar de ver televisão.
*
-Mãe a KiKi está na minha mochila, não quer que eu vá â escola.Vou ficar em casa.
-Não. Vais para a escola!
-Olha mãe só uma coisinha, o pai natal está a ver-te!
Vai dar-te uma pedra preta!
*
-Duarte, um bicho mordeu-te aqui no braço.
-Pois foi mãe, foi uma cobra e uma aranha.
~mas eu sou forte e valente!
*
-Duarte estas a gostar das aulas de guitarra?
-Sim
-E não gostavas de aprender a tocar flauta?
-Não avó a flauta não dá para trazer ás costas!
*
-Avó Tété tens medo de dragões e monstros?
-Eu não tenho. Ataco eles com a minha espada, empurro para a casa de banho e puxo o autoclismo!
*
-Avó Tété o céu está muito muito alto.
-É assim tão alto, para as pessoas não agarrarem os aviões!
*
Para guardar num cantinho da alma.
Desculpem a minha ausência, mas tudo tem o seu tempo.
Abraço e brisas doces ****

16 comentários:

tb disse...

Sim guarda muito bem amiga. O tempo passa rápido e antes que a memória se apague. :)
Fica um beijo no sorriso que me nasceu desse teu tanto. :)

✿ chica disse...

Temos que guardar tudo muito bem! Recordações lindas! Vim agradecer teu carinho nesse momento que estou longe dos blogues...Tudo há de dar certo, sim! bjs, chica

Silenciosamente ouvindo... disse...

Muito obrigada pela sua visita ao meu blogue e comentário.
Já me registei no seu.
Tem um gatinho igual à minha gata Iris.
Voltarei ao seu blogue sempre que possa.
Bjs.
Irene Alves

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

O "nosso" maior problema é que estes encantos e estas expressões, vão sumindo com o crescimento, porque a Lei da vida pode tudo.
Um dia, só restarão as recordações.


Beijos
SOL

AC disse...

Um tanto que pincela a vida com as mais belas cores...

Um beijinho :)

heretico disse...

como eu compreendo a "estória" do Judo!

o menino promete...

beijo

Pérola disse...

Momentos que nos embelezam a vida.

Beijinhos

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Vieira Calado disse...

Desejo-lhe bom fim de semana!

Saudações minhas!

Ana Freire disse...

Passando por aqui, agradecendo a sua amável visita, e palavras, lá no meu canto, em artandkits.blogspot.com e adorando conhecer este seu espaço, pleno de belíssimas partilhas... e de momentos... que nos ficam para sempre...
Será um prazer imenso, voltar aqui, sempre que me seja possível!
Beijinho! Tudo de bom!
Ana

Graça Pires disse...

Que delícia esse "teu tanto"... Fiquei encantada com ele.
Obrigada por tudo.
Um beijo.

Aflores _ disse...

Um tanto... maravilhoso, encantador.
Grato pela partilha.

Tudo de bom.

Fá menor disse...

Sorrio.
Guarda bem esses momentos na alma.

Beijos

Eduardo Aleixo disse...

O Duarte tem saídas muito inteligentes e bonitas: aquela da urgência dos tremoços e da flauta não se poder colocar às costas....maravilha...
Sai à avó.
A babosa.

aurélio disse...

o Duarte é super inteligente , pois com uma avó assim !
só pode mesmo, Parabéns

Carmem Grinheiro disse...

O que dá razão à vida =)

bj amg