quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Black Roses


Estendi a toalha mais bonita,
fiz o teu chá preferido
o pão fresquinho que eu amassei, perfumava
o ar.
Não esqueci tambem de pôr
a jarra com as tuas flores preferidas,
narcisos.
O sol atrevido aquecia as paredes da sala
O dia estava perfeito.
Eu feliz esperei.
Mas tu não chegaste.
O sol fartou-se e foi-se embora
Tudo perdeu a magia...
Pela sala espalhou se um ar mofo
Só os narcisos continuaram altivos.
Dos meus olhos desencantados
tombaram águas claras
que se juntaram á agua escura
do teu chá preferido...
Black Roses...

maria loBos

(imagem google)

24 comentários:

Maria disse...

As rosas negras são lindas. Também o serão os narcisos... mas o poema é triste :(((

Dias serenos para ti.

Nanda Assis disse...

linda imagem e as palavras.

bjos...

Isamar disse...

A vida está cheia de desencontros e ingratidão. Tudo parecia perfeito mas a ausência determinou a tristeza, as lágrimas, a desilusão
Um texto muito bonito.

Bem-hajas!

Beijinhos

Lilá(s) disse...

O cenário estava montado e bem! e originou um lindo poema.
Bjs

Pensador disse...

Este seu post me lembrou da música "A noite do Meu bem", gravada pela Dolores Duran, e que eu acho muito linda...
Beijo!

Nuno disse...

Just Black Roses

do not exist in nature as such, but nevertheless have been created in your mind*

kiss

I liked ;)

Eduardo Aleixo disse...

Cena terna e doce e melancólica com lágrimas de rosas derramadas sobre pétalas de narciso que observei em silêmcio curvado tristemente sobre o parapeito da tua sensibilidade poética.
Gosto muito de te ler.
Agora vou com a tua brisa doce até à fronteira do meu bosque quieto, que visitaste, e cuja visita agradeço. À Beira de Água.

lady-of-smile disse...

Poema lindíssimo!
Mas vindo de uma poetiza como tu, o que podia esperar quando entrasse neste blog repleto de maravilhosos poetas e uma extraordinária mãe?

Parapeito disse...

Filhota...recados são recados...sabes que a mãe é recados que escreve...saiem todos da alma...escorregam pela pele...mas são meramente recados. Obrigada pelas tuas palavras minha pipoca linda
Um até já*

mfc disse...

Um desalento enorme num texto belíssimo!

BlueShell disse...

Poema dorido de quem esperou em vão. SEI O QUE É...esperar em vão: dói!!!

Bj

Giovanna disse...

lindo e triste ao mesmo tempo...mas não perca a magia desse momento...continue estendendo a toalha com o chá preferido, as flores, o perfume...

Arigatou pela visita em meu blog.
Te espero mais vezes.
beijos
Giovanna

DE-PROPOSITO disse...

O dia estava perfeito.
------
Se o dia estava perfeito, é porque até aí tinha sido um dia de felicidade!
----
Tudo de bom por aí.
Manuel

Evanir disse...

Meu Anjo.
Deus abençoe sua semana
sou sempre grata pelo seu carinho.
No momento quase não estou conseguindo fazer visitas.
Porém tenho você no meu coração e pensamento.
Estarei tentando deixar meu carinho também,
parabenizar pelas postagens lindas que leio na sua postagem.
Um beijo no coração .
Já com saudades e muitas.
Evanir

Baila sem peso disse...

que cenário lindo do teu coração
se espalhou pela tristeza do chão
que acolheu a negra beleza
de lágrimas de pureza
juntinho de um chá encantado
feito por tua mão!

(Tá tudo bem, nina? eu ando já na minha faina, com muiiiito tempo sem tempo, mas sempre que posso, venho ao teu parapeito, ver o teu gostar que tem tanto carinho e jeito!!!):)

Em troca de brisas fica uma bailando
e teu espacinho afagando!**

BlueShell disse...

Vinha saber e ti e agradecer. de coração, tuas palavras.
Bj

Secreta disse...

A dor das esperas intermináveis...

tb disse...

São assim os narcisos quando casados com a (tua)poesia... :))))********
Brisas doces para ti, amiga.

aflores disse...

O silêncio...após uma leitura atenta.

Tudo de bom

;)
:)

AC disse...

A vida, felizmente, não se esgota numa infusão de black roses...

Bjs

retrato... disse...

foi apenas "um atraso", talvez por afazeres importantes, ou talvez o procurar umas rosas encantadas, para oferecer...

palavras, apesar de tristes, leves mas cheias de ternura, sentimento.

bj...nho, não esquecendo o netinho.

Nilson Barcelli disse...

Há esperas que desesperam...
Belíssimo poema, gostei.
Beijos, querida amiga Maria Lobos.

。♥ Smareis ♥。 disse...

Encantador seus versos...A poesia tem esse poder. Até a tristeza, a ausência e a saudade ficam belas em versos.Beijos no teu coração

Uma estrela errante disse...

tristeza em ti...

beijinho grande


isa