domingo, 1 de maio de 2011

Pingo de Mel


Sem querer falar sobre a polémica de ser ou não o dia 1 de Maio o dia da mãe,ou de cair em lugar comum dizendo que dia da mãe são todos os dias,aproveito para aqui deixar uma pequenina história...de filho e mãe.
Certa manhã estava eu com um rapazito grande de 3 anos,a falarmos sobre valores que era bom que as pessoas respeitassem.
A dada altura falámos sobre as mães...como elas eram importantes...como todos os filhos deviam gostar de respeitar e proteger as suas.
Falei que a mãe dele era muito sua amiga ...que trabalhava muito para que pudesse ter uma vida boa e que nem todos os meninos tinham a mesma sorte ...Ele muito atento disse que gostava muito da mãe....que ela era linda que era um pingo doce...
dizendo logo de seguida que era um pingo de mel...
perguntei lhe : mel?
ele respondeu prontamente:
sim Tété de mel porque faz bem a tosse !
*
Este rapazito que eu gosto muito e que é filho de um pingo de mel faz hoje 4 anos.
Acredito que ao crescer algumas vezes não vá achar a mãe tão pingo de mel...haverá alturas que será pingo menos doce, mas tenho certeza que vai crescer e sentir sempre que a mãe é um pingo de amor
Que bom seria que todas as crianças, pudessem crescer cobertas de muitos pingos de mel.
A foto que coloquei são dois amores da minha vida, que sei que estão cobertos de amor.
Que todos os que tem crianças na sua vida,não tenham medo de os adoçar para que não cresçam pingos amargos*
A todas as mães que por aqui passem e que sejam pingos de mel para os seus filhos Bem Hajam por estarem ajudar adoçar o mundo***
Prá mãmã pingo de mel e para o meu Jão Jão um dia cheio de brisas doces****

31 comentários:

lady-of-smile disse...

Para começar, o dia da mãe é todos os dias.
Tu, és a mais importante, porque para mim não és um pingo de mel, és uma colmeia que me adoça todos os dias e que me apoia sem nunca deixar que alguém me ferre, tu proteges-me de todas as abelhas, obrigada.
Amo-te mãe, és grande :)

Lídia Borges disse...

Obrigada por este "pingo" de ternura que, hoje, nos deixa neste relato maravilhoso.

Um beijo

tb disse...

Deixo um beijo assim de mel...

mfc disse...

Que post lindo que fizeste!
Foi mesmo um pingo de mel.

A minha Mãe vai fazer 87 e está bem rija!
Aqui ainda se festeja a 8 de Dezembro... hábitos antigos!
Um grande beijinho para ti e todas as Mães!

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

Excelente homenagem à Mãe, o astro que nos dá vida e que dá a vida por nós.
Um beijinho.

retrato disse...

és sábia na razão ao dizer que todos os dias são dias da mãe.

embora a vida seja madrasta em muitos casos, custa-me aceitar como é que alguém pode esquecer uma mãe por muito, "menos bom", que lhe possa ter feito. como é que alguém pode esquecer que foi do ventre "daquela mulher" que saíu e hoje, faz parte do mundo dos vivos?

é um pedido tão "caro" aquele que fazes e que eu me associo a ti...
"Que bom seria que todas as crianças, pudessem crescer cobertas de muitos pingos de mel".
sinto o peso de uma lágrima quando vejo determinados documentérios na televisão, é horrendo, injusto.

deixa-me adivinhar os personagens da foto...
a filha e o Duarte, a delícia da vóvó TéTé?

parabéns... goza o dia que hoje te é dedicado.

Isamar disse...

Um post perpassado de ternura que define muito bem o que é ser mãe. A dicotomia da vida assim as obriga a ser pingo de mel, umas vezes mais ,outras vezes menos doce mas sempre com o mesmo obejectivo: fazer-nos crescer harmoniosamente, adaptadas à vida que não é fácil.Eu perdi a minha há onze anos e a Ela agradeço tudo aquilo que sou.

Beijinhos

Bem-hajas!

João de Sousa Teixeira disse...

MÃE

As minhas mãos
não fariam mais que segurar-te um só dedo,
mas era já uma amarra segura,
o porto em que queria acostar,
e foste tu que partiste, mãe?
Que parte de ti são os cuidados e os reparos?
Que parte de ti são as insónias e as canseiras?
Que parte de ti são os abraços e os afectos?
Que parte de ti são os primeiros passos e palavras?
Que parte de ti é o coração e a cantiga para adormecer?
Que parte de ti sou eu e que outra parte és tu, mãe?

Atentamente,
João de Sousa Teixeira

Andradarte disse...

Que homenagem linda....

Pingo de Mel...

Pedrasnuas disse...

Seria tão bom...mas tão bom se todas as mães se esforçassem por serem mais pingos de mel!!!Eu sei que não é fácil...a vida amarga...e depois não há como voltar atrás...e torna-se tudo tão enrolado...que nem sombra de fio para remediar ...e hoje a família está completamente vazia do que é mais importante; o respeito, a tolerância, a amizade, o afecto...enfim...um descalabro...

Mas tu vieste e trouxeste o teu pingo de mel...Estás de Parabéns !!!
Para ti e para as crianças e para as mães das crianças ...muitos pingos de mel...(não esqueças que são meus):)))

Sininho disse...

mamã, no teu caso, prefiro pensar que és um pingo de empadinhas de frango, ou croquetes, ou rissois de camarão... :p Fazes mto bem ao colestrol eheh.

gosto mto de ti, meu pastelinho de bacalhau

ps: sabes q n sou fã de mel, e quanto à tosse, só se fosses um pingo de strepfen, o que não ía soar bem :p

A.S. disse...

Um poema pleno de ternura!... Adorei!


Beijos,
AL

Vivian disse...

...lindo como tudo que fazes!

beijos do Brasil!

Graça Pires disse...

Achei a história deliciosamente comovente...
Um beijo.

Eduardo Aleixo disse...

Sou pai pingo de mel.
Gostei muito da tua narrativa doce como o mel.
As fotos são doces como o mel.
Falaste como mulher e mãe doce de mel.
A tua postagem é muito doce, tens razão, seria sempre doce se o dia da mãe cajhasse em outro dia.
Bom dia pata ti, dia doce como o mel.
Beijinhos.
Bom fim de semana.
Brisas leves e melosas.

© Piedade Araújo Sol disse...

texto delicoso com mel derramado.

a foto expressa bem a tua ternura.

beijinho ao jão à mâe dele e à mãe dela que é um pingo de mel.

bom domingo!

Nilson Barcelli disse...

Pingo de mel é um bom nome para a mãe...

Querida amiga, boa semana.
Beijos.

Ana disse...

Um texto cheio de ternura que se sente ser escrito por uma Mãe "pingo de mel" . Se alguma dúvida houvesse, bastava ler o primeiro comentário ...
Parabéns pela sensibilidade que as palavras demonstram. Parabéns também pelo blog que só hoje conheci ! Voltarei !
Um beijo *

Vieira Calado disse...

O meu bem haja,

também para si!

Bjjss

mundo azul disse...

___________________________


Quanta ternura nesse texto!

Gostei de ter lido... Beijos de luz e o meu especial carinho!!!

____________________________

João Ludugero disse...

Passe lá no meu blog.
Se gostar, me adiciones.
Felicidades, saúde e alegrias duradouras, hoje e sempre.
Abraço iluminado,
João
www.ludugero.blogspot.com

Vieira Calado disse...

Bem haja

você

também!

Em@ disse...

amei esta pingo de mel espalhado nas palavras cheias de ternura deste poema em prosa.
um bejo

Secreta disse...

Que lindo...
Acredito que esse amor se mantem. Aconteça o que acontecer.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

aflores disse...

Quem tem uma mãe, tem tudo!

Eduardo Aleixo disse...

Vim aqui espreitar novidades e saboreei de novo o mel doce das tuas palavras. Bom domingo.

rosa dourada/ondina azul disse...

Belo como um poema de ternura:)

Mãe é mel, mesmo se tem de dizer não!

brisas,

Maria disse...

Transbordante de ternura...

Abraço doce.

jardinsdeLaura disse...

Parapeito,

Que assim seja! Este mundo precisa como nunca de gente boa! Aléem de que foi um belo momento de leitura!

Rosinha disse...

Sou mãe pingo de mel...embora não goste do dito :P
Belo poema e belíssima foto de dois dos teus tesouros :)
***