sábado, 4 de setembro de 2010

Sabes!


*
Sabes quando penso em ti
Sinto como um pózinho espalhado.
pelo meu corpo..

Não se controla...Sinto vontade de rir
rir...porque as cócegas
são tantas que chegam ao coração!.
*
maria loBos

23 comentários:

F Nando disse...

Lindo!

Maria disse...

Tão bonito...!!!

Abraço.

Cadinho RoCo disse...

Delicioso.
Cadinho RoCo

notyet disse...

A ideia é linda, mas é um jogo de alma e não há coçar que acalme
Beijinho de coração

tb disse...

lembrei o Jairo.... :) terno e coceguento... :)))))))))
beijos

Vivian disse...

...sei bem do que falas,
e este 'coçar' faz tão bem!!!

bj

segredo disse...

Ainda bem k te deixa contente essa recordaçao pq mts ha k nos deixam bem tristes...

Beijinho de lua*.*

Lídia Borges disse...

De como dizer a Felicidade.

Aproveite!

Um beijo

Gonçalo disse...

Bonito sim senhora...

eu ás vezes também tenho cócegas dessas... :)

Beijo meu e das princesas

Secreta disse...

Rir, porque a felicidade te invade!
Beijito.

Graça Pires disse...

Delicioso este poema de amor. Simplesmente delicioso!
Um beijo.

Nuno disse...

Gosto dessas cócegas quando chegam ao coração,onde a vontade de rir nasce do fundo do ser.

bj azul*

Nilson Barcelli disse...

Há pessoas que nos fazem cócegas no coração, na alma... algumas até nos causam pele de galinha...
Continua a rir, querida amiga. Sempre.
Bom fim de semana.
Beijo.

Ruy Serrano disse...

Esta minha apreciação é válida para todo o conteúdo do seu blog. Você se identifica muito comigo, pela sensibilidade e perfume dos seus versos, quanto eu com o tom mordaz e satírico das minhas crónicos. Somos ambos críticos da sociedade vazia e cruel que nos agride diàriamente. Gostaria de continuar a compartilher consigo os nosso sentimentos. Também estou no twitter, sendo o acesso: twitter.com/ruyserrano
O meu mail é: ruy.mhserrano@netcabo.pt
ou rui.mhserrano@gmail.com

Espero mais comentários e o seu contacto. Ruy Serrano.

Carlos Gonçalves disse...

Sabes, esse pó não me faz cócegas, cria angustias em mim!
O mesmo pó, sentires diferentes.
Beijo, querida.
Carlos

Uma estrela errante disse...

Olá beleza,

sorrio, carinho e mimos sempre em ti...

beijinhos

Isa

© Piedade Araújo Sol disse...

não é só tu....

gostei do que li...

beijo

Carmo disse...

Muito fresco este poema de amor.
Beijinhos e bom fim de semana

Pedrasnuas disse...

QUEM TERÁ CONSIGO ESSE PÓ MILAGROSO QUE TE PROVOCAM CÓCEGAS ATÉ NO CORAÇÃO?...HUM?

BRISAS MANSAS E MUITAS CÓCEGAS:)

clic disse...

E rir é dar cor à vida!... :)

poetaeusou . . . disse...

*
cócegas,
são sensíveis titilações !
,
conchinhas,
ficam,
,
*

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema de amor...Espectacular....
Cumprimentos

AC disse...

Isso é uma belíssima definição de felicidade.

Beijo :)